Hoje vou falar de algo que sei que não é uma inanimidade, o bife de fígado. Na Europa, o fígado de boi é considerado uma iguaria e o fígado à Veneziana é um dos pratos mais famosos da culinária de Veneza mas aqui o mais normal é falar  dele e aquela famosa cara de nojo aparecer. Mas vamos falar um pouco sobre o tema  assim  mesmo rsrs

O fígado de boi foi recentemente  classificado como um dos “super-alimentos”, pois é composto de muitos benefícios. Constam as vitaminas  A, B12, B5, B6 e C, folato (ácido fólico), riboflavina, selênio, cobre e zinco, e apesar do fígado de boi apresentar um alto grau de colesterol e gorduras saturadas, ele é tão rico em outros nutrientes benéficos que continua sendo considerado um alimento saudável. Em apenas 100g de fígado conseguimos obter 50% da nossa necessidade diária de proteínas.

As vitaminas B e seus compostos são todas vitais para a produção de energia; processam os carboidratos e quebram o glicogênio. Ajudam no controle dos níveis de estresse,  transformam a homocisteína, que está associada com riscos de ataque cardíaco e derrames. É anti-oxidante, melhora o sistema imunológico, e é recomendado na alimentação de pacientes com artrite e asma. E bom pra anemia ne?! como dizia nossas vovós rsrsrs

Interessante mas como se faz? Muitos mitos existem sobre como fazer este bife. Lava ou não lava? Uso vinagre? Uso leite para amaciar? Aff!! Bom, vamos lá as minhas dicas para preparar essa iguaria.

– Limpe-o muito bem, retirando todas as veias e principalmente a pele que o reveste, pois ali está o inimigo do bife macio. Essa pele pode ser removida batendo-a de leve com a lamina deitada de uma faca ou até com os próprios dedos.

– Eu deixo sim de molho no leite para amacia-lo antes de temperar (meio copinho só) e após retiro  o excesso e tempero normalmente. Não fica com gosto de leite #Verdade

– Tempere-o com condimentos secos, aqueles do dia a dia mesmo: alho, cebola, pimentinha, louro. Pode usar também os de sua preferência e quanto mais tempo ele ficar marinando melhor o sabor.  Sem usar vinagre porque diz a lenda que endurece (então eu evito rsrs)

– Seja qual for a sua forma de cozinha-lo, evite manter muito tempo ao fogo pois vai enrijecendo.

– Se for frita-lo em tirinhas corte com espessura de 1 a 2 cm.

Bom, comente, mande dicas! Espero ter ajudado 😀

Bjs!!!

Anúncios