O quiabo já era plantado, nas várzeas do Nilo, pelos egípcios 12 séculos antes de Cristo. Existem relatos do seu plantio nos estados americanos da Filadelfia em 1748 e na Virginia em 1781.QUIABO

No Brasil, estudos falam que foram introduzidos em 1658 com o comércio de escravos , onde conta-se que suas sementes eram escondidas pelos corpos como forma de garantir sua sobrevivência aonde quer que fossem levados.

É também um alimento saudável,  por seu alto conteúdo de fibra, vitamina C, ácido fólico, antioxidantes, ainda sendo uma boa fonte de cálcio e potássio. Uma xícara de quiabo cozido (em torno de 100 gramas) contém 20% das necessidades diárias de vitamina B e de ácido fólico de um adulto.

E esse vegetal é polêmico : é daqueles ingredientes amados ou odiados. Isso acontece graças à famosa “baba” que o quiabo desprende durante o cozimento: nem todo mundo se acostuma com sua textura viscosa.

E como fazer quiabo sem baba?

  • Para não gerar a baba , a dica essencial é : o quiabo deve estar SUPER seco ao ir para panela.
  • Para os que apreciam o sabor do quiabo, mas não gostam da sua textura escorregadia, recomendo prepará-lo sempre em calor seco. A água potencializa a baba, por isso ele fica melhor assado, grelhado ou frito.
  • Para evitar a baba tem uma outra dica, na hora de escolher os quiabos prefira os menores e mais molinhos, os duros são muito fibrosos e não amaciam tanto no cozimento ( alem de levar mais tempo no fogo)
  • Recebi muitas dicas falando que usando vinagre ou  gotas de limão ao colocar na panela, evita a baba também.
  • E não mexa muito! Vá salteando a panela ou frigideira no momento do preparo.

Bjs!! 😀

Rafa

 @CozinhaRafinha – Nos siga no Twitter: além da”s receitas, dicas e truques da nossa cozinha

Anúncios