Close up view of the cassava root isolated on a white background.

Ele tem um sabor particular, é um excelente depurativo do sangue e nos protege também de doenças transmitidas por mosquitos como a malária, dengue e febre amarela. Quem é? O Inhame. Há poucas pesquisas acadêmicas sobre as aplicações médicas, mas a experiência já elevou este  tubérculo, parente do cará e da batata-doce,  à categoria de alimento funcional.

As principais beneficiadas são as mulheres. Um estudo avaliou a ação desse fito-hormônio na saúde da mulher pós-menopausa e concluiu que a ingestão de inhame por 30 dias equilibra os níveis hormonais. E a ação do inhame vai muito além dos hormônios.

Ela atua diminuindo a absorção intestinal do colesterol e aumentando sua excreção. “Em estudos com animais, ela também reduziu os níveis plasmáticos e hepáticos do colesterol total e aumentou a presença de enzimas antioxidantes”, informa a especialista. “Esses resultados também sugerem que a diosgenina melhora o perfil lipídico dos indivíduos, além de diminuir o processo oxidativo”, acrescenta.

inhame3Voltando a falar das mulheres… Consumir inhame todos os dias é uma boa dica também para as mulheres que estão tentando engravidar. “O vegetal contém fitoestrógenos, que bloqueiam a ação dos estrógenos no organismo. Ao fazer isso, aumenta a ação das gonadotrofinas, o que resulta em uma quantidade maior de folículos produzidos pelos ovários, melhorando a chance de gravidez”, diz Frederick Naftolin, professor do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da escola de medicina da Universidade de Nova York, nos Estados Unidos.

Mais BENEFÍCIOS do inhame:

inhame2AJUDA NO CONTROLE DE PESO

Os hidratos de carbono e a fibra do inhame retardam a taxa com que os açúcares são liberados e absorvidos pela corrente sanguínea. Além disso, por ser rico em fibras, quando ingerido dá uma sensação de saciedade. E mais uma vantagem, o inhame é uma boa fonte de manganésio, um mineral que ajuda no metabolismo dos hidratos de carbono e é um cofator de várias enzimas importantes na produção de energia e de defesas antioxidantes.

LIMPA O SANGUE

É um dos alimentos medicinais mais eficientes que se conhece: faz muitas impurezas do sangue saírem através da pele, dos rins, dos intestinos. No começo do século, já se usava elixir de inhame para tratar sífilis.

REDUZ O RISCO DE DOENÇA CARDÍACA

O inhame é uma boa fonte de vitamina B6. A vitamina B6 é necessária para o corpo a eliminar uma substância chamada homocisteína, que pode danificar as paredes dos vasos sanguíneos. Uma ingestão frequente de vitamina B6 reduz o risco de doença cardíaca. O inhame é uma boa fonte de potássio, um mineral que ajuda a controlar a pressão arterial. A baixa ingestão de alimentos ricos em potássio, especialmente quando combinada com uma alta ingestão de sódio, pode provocar hipertensão.

FORTALECE O SISTEMA IMUNOLÓGICO

Os médicos orientais recomendam comer inhame para fortificar os gânglios linfáticos, que são os postos avançados de defesa do sistema imunológico.

AJUDA CONTRA ESPASMOS

Seus usos tradicionais incluem o tratamento de cólicas, espasmos musculares, asma. As suas propriedades antiespasmódicas e anti-inflamatórias tornam-no útil para tratar cãibras no estômago.

                                                    Consumindo Inhame: 


 Os tipos mais comuns de inhame são o japonês e o chinês. Na hora de comprar, preste atenção à firmeza. Se tiverem áreas amolecidas ou sinais de brotação, devem estar estragados.

O inhame não precisa ser conservado em geladeira, desde que fique em um local arejado. Dura até 10 semanas, mas, se guardados no congelador, chegam a resistir por seis meses.

Beijos!

Rafinha

Anúncios