tomateVoce sabe o que tem naquele molho de tomate industrializado?  Bom, o principal de tudo – Tomate , e em sua maioria, acompanhado de especiarias como cebola, orégano, salsa, manjericão, etc. Depois vem o amido modificado, extrato de levedura e glutamato monossódico.

amido modificado é o amido – extraído de cereais, tubérculos ou raízes – que sofreu alguma modificação química, com o objetivo de alterar uma ou mais das suas características originais. É utilizado para para conferir consistência e estabilidade à fórmula do produto. O extrato de levedura,  um concentrado de componentes das leveduras, ele é utilizado nos molhos com redução de sodio,  o que permite que indústria estampe no rótulo que o produto foi preparado com um “aditivo natural”. 

glutamacoE o preocupante glutamato monossódico (GMS) é um realçador de sabor, o q a maioria dos produtos industrializados disponíveis nas prateleiras possui. Bom, a quantidade de sódio em uma porção de 60g de molho de tomate (3 colheres de sopa) é de 382mg.

Caso você consuma um macarrão com cerca de 2 conchas pequenas desse molho (cerca de 160g), você estará consumindo 1018g de sódio, o que equivale a aproximadamente 2g de sal! Tem algo de errado ai, né?

molho_tomateBom, então vamos aprender a fazer um molho de tomate caseiro?

Ele será mais saudável, sem conservantes e com o sódio na medida que desejarmos. Super util nas receitas das nossas crianças, dos idosos e creio que na vida de todos nós!!!!!

Molho de Tomate Caseiro

1kg de tomate

2 cenouras

1 cebola

2 dentes de alho

1 colher (sopa) de azeite de oliva extravirgem

Sal (a gosto)

♥ PREPARO:

Bata os tomates, 1/2 cebola e a cenoura no liquidificador. Peneire.

Em uma panela, refogue o alho e o restante da cebola. Adicione o molho feito no liquidificador e  assim que ferver abaixe o fogo e deixe cozinhar até o ponto que desejar.

Acrescente temperos e ervas de acordo com a preparação: manjericão, alecrim, orégano, salsinha, cebolinha etc.

Anúncios