sal1O sódio é um mineral e normalmente é encontrado na natureza com um outro elemento químico, o cloreto. O cloreto de sódio é o famoso sal de cozinha e ele possui 40% de sódio em cada grama. 

A principal função do sódio é equilibrar a quantidade de água no organismo, juntamente com o potássio. Enquanto o sódio retém os líquidos, o potássio provoca a excreção, de modo que as células fiquem com a quantidade certa de água. Além disso, a dupla sódio e potássio participa de contrações musculares e do fornecimento de energia para o organismo.

E quem é apaixonado por sal sabe o quanto é perturbador reduzir o consumo do tempero.  Afinal, o excesso de sódio é extremamente prejudicial à saúde humana. Porque?

info-sodio

e ainda tem o sal oculto: O sal que está nos produtos industrializados que não percebemos!

sodio3

Em meio a tantas campanhas de conscientização, os estabelecimentos têm tirado os saleiros das mesas, mas, para muitos ainda permanece a dúvida: o que pode substituir o tradicional sal de cozinha nos preparos, sem ter uma comida insossa?

Como vencer o desafio de diminuir o consumo de sal:
  • Coma a quantidade de calorias que você necessita, sem excessos. Afinal, quando a pessoa come duas porções de determinado alimento ao invés de uma, ela automaticamente dobra a quantidade de sódio
  • Tente adicionar outros temperos ao invés do sal, como o limão, o azeite e outros.
  • As ervas e especiarias em geral são as melhores opções para diminuir o consumo de sal ,  as especiarias como  pimentas, cúrcuma, canela, noz moscada, curry, orégano, tomilho, alecrim, sálvia, manjericão, hortelã, salsinha, coentro, sem esquecer da grande família das cebolas (cebola branca, roxa, alho, alho poró e cebolinha verde) são aliados nessa substituição.
  • O sal light também é uma boa alternativa, desde que a pessoa não tenha problemas renais. É importante ressaltar que ao consumir o sal light, não se deve aumentar a quantidade adicionada do tempo.

Em relação a estes temperos, não existe uma regra para priorizar ou conduzir o cozimento deles nos alimentos populares, como arroz, feijão, farofa, carnes, frangos e afins. “Não existe uma regra. O interessante é experimentar. Mas é claro, existem combinações clássicas como manjericão e tomate; orégano, queijos e ovos; alecrim e frango; noz moscada e molho branco”, conclui.

O sal,  ENTÃO NÃO é necessário?

Por outro lado, é preciso desmitificar a ideia de que o sal não é necessário. O que deve ser feito é evitar o consumo em excesso, mas o sódio é importante para o organismo:

  • Aliado do coração: A dupla sódio e potássio são essências para as contrações musculares e por isso ajuda a manter o ritmo cardíaco normal. A ausência de sódio pode levar a uma arritmia cardíaca.
  • Evita o cansaço: O sódio participa do fornecimento de energia para o organismo. Isto porque ele age no metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras, transformando estes macronutrientes em energia para o corpo. Por isso, a ausência de sódio pode levar ao cansaço.
  • Bom para os músculos: Este benefício ocorre porque o sódio participa do processo de contrações musculares. Assim, a ausência deste mineral leva a uma fraqueza muscular.
  • Bom em casos de vômitos e diarreias:Durante as crises de diarreia ou vômitos as pessoas perdem muito sódio e potássio. Por isso, quando a pessoa não consegue se alimentar é importante repor as substâncias com o soro.
  • Equilibra quantidade de água: O sódio age retendo os líquidos no organismo, enquanto o potássio provoca a excreção da água. Assim, quando há o equilíbrio entre os dois, ocorre também o equilíbrio da quantidade de água no corpo, permitindo que as funções do organismo ocorram corretamente.

=> A falta de sódio no organismo pode levar a dor de cabeça, fraqueza muscular, vômitos, diarreias e até mesmo a arritmia cardíaca.

Bjs!!

Anúncios