tender1Faltam praticamente 15 dias para o Natal e muita gente deve estar tendo dúvidas do que fazer. A gente chega no mercado e é uma confusão de opções, e mais ainda, tem os pratos tradicionalíssimos que não podem faltar à mesa.

Um deles é um tender! 

Nos anos 60, uma empresa de alimentos lançou um presunto de pernil de porco temperado e defumado em cuja embalagem aparecia a expressão “tender made” – do inglês, feito com carinho. Desde então, os consumidores brasileiros (e só eles no mundo inteiro!) passaram a chamar o produto de tender e eternizaram sua presença nos festejos de fim de ano.

  • Como descongelar:

Como 100% dos tenders são vendidos congelados, é bom saber como descongelá-lo de maneira apropriada. O ideal é tirá-lo do freezer um ou até dois dias antes do preparo e mantê-lo dentro da geladeira. Lembre-se da velha regra: o congelamento deve ser feito rápido e o descongelamento o mais lentamente possível. Deixá-lo imerso em uma tigela com água tira parte de seu sabor; e em temperatura ambiente, deixa-o exposto a contaminações.

  • Temperando:

Na hora de temperar, a diferença fica por conta de um detalhe simples: se o tender será preparado com ou sem a casca.  A casca protege a carne e impede que ela resseque durante a cocção.

  • Cozimento

O tender deve ser assado lentamente, em forno preaquecido com temperatura média (150ºC – 160ºC). Cada peça de quatro quilos leva cerca de duas horas e meia para ficar pronta. De tempos em tempos, é importante abrir o forno e regar a carne com a marinada.  Não existe uma dica precisa para avaliar o ponto do tender, mas pode-se dizer que ele está pronto quando estiver macio e ainda soltar um pouco de seus sucos quando espetado.  Os que tiraram a casca devem assar o presunto coberto com papel alumínio, que protege a peça da perda excessiva de líquidos.

Quando o assado estiver quase pronto, o ideal é aumentar bastante a temperatura do forno para ele dar uma douradinha por fora. Nessa momento, Adriana sugere dar uma besuntada no presunto com um pouco de geleia de damasco.

Acompanhamentos

Há várias alternativas gostosas para servir com o presunto. Como a carne do porco tem notas adocicadas e o processo de defumação as acentua, o tender vai bem tanto com guarnições de sabor doce quanto com as mais salgadas. Otimas opçõe são fios de ovos,  abacaxis, ameixas e pêssegos em calda grelhados. Quem não abre mão de uma boa farofa deve ficar atento para preparar uma receita bem úmida, com bastante cebola caramelizada, por exemplo. Ou um cuscuz marroquino com frutas secas (damascos, tâmaras, maçãs desidratadas e nozes), uma opção é o chutney de frutas para dar um toque agridoce à carne.

Fonte: Site IG / Foto Tadeu Brunelli

Bjs!

Rafinha

 

Anúncios