geleiaMOrango2A minha infância foi inundada por muita coisa feita em casa mesmo… e uma delas é geléia! Eram muitos tipos e a que marcou muito foi a de morango.

Preparo

A quantidade  considerável boa numa geléia é 50% de açúcar. O envolucro dos morangos na calda de açúcar permite que ele penetre melhor nas frutas mantendo a sua forma.

E lembre que o único segredo da geléia é a fruta: use frutas frescas, bem maduras e perfumadas.

geleiaMOrango1Conservação/Esterilização

E ao contrário do que muita gente pensa geleia feita em casa não estraga tão rápido: o açúcar (natural da fruta ou adicionado) é conservante natural. Se preparadas e armazenada corretamente, esses doces caseiros têm validade de até dois meses.

O processo de conservação também envolve a esterilização dos vidros:  Os vidros devem ser lavados e colocados em tabuleiros retangulares de cabeça para baixo. Escorrer a água que fica no fundo do tabuleiro, pois facilitará o processo de secagem. Colocar o tabuleiro com os vidros no forno por aproximadamente 7 minutos ou até secarem completamente. Retirar do forno uns 5 minutos antes de utilizar para esfriarem um pouco.

As tampas devem ser colocadas em água fervente por 5 minutos.

Como saber o ponto certo?

O que dá consistência à geleia é uma substância chamada pectina. Ela é encontrada naturalmente nas próprias frutas (em especial nas cítricas), e liberada pouco a pouco durante o cozimento, encorpando a mistura e deixando-a, como o nome diz, gelatinosa. Para saber se o tempo de cozimento foi suficiente, tire uma colher (sopa) de geleia da panela e disponha sobre um prato limpo. Passe o dedo riscando a geleia ao meio: se a mistura depois de separada unir-se novamente, ainda não está no ponto.

Dá para fazer geleia de qualquer fruta?

Sim, mas prestando atenção às seguintes características: se for mais consistente, como maçã, melão durinho etc, pique em pedaços pequenos, para que se dissolvam melhor durante o cozimento. Vale pressionar os pedacinhos que teimam em ficar inteiros, com ajuda de uma colher de bambu, enquanto a geleia ganha consistência no fogo. Frutas como morangos, amoras, pêras e laranjas de dissolvem mais facilmente. Há quem goste de geleias mais pedaçudas, outros preferem as mais homogêneas. Para ficar mais pastosa e menos rústica, utilize um mixer ou liquidificador (quando já fria) por instantes.

Geléia de Morango

1 quilo de morangos maduros e lavados

1 quilo de açucar

suco de 1 limão

Pote de vidro esterilizado

♥ Preparo:

Lave os morangos e corte os cabinhos. Pique os morangos em pedaços pequenos. Numa panela grande, ponha os morangos e o açúcar. Mexa bem em fogo médio e cozinhe ate o açúcar dissolver e o liquido estar claro. Apague o fogo, acrescente o suco do limão, tampe a panela e deixe os morangos repousarem na calda 24 horas.

No dia seguinte, leve a fogo médio e deixe ferver, misturando com uma colher de pau. Apos uns 5 ou 6 mns a calda vai começar a engrossar e caramelizar ligeiramente, entao retire o fogo e encha imediatamente os potes  esterilizados MORNOS ( ou quentes de preferencia).

Encha cada pote até a borda, tampe e vire o pote de cabeça para baixo.

Deixe os potes esfriarem de cabeça para baixo.

Dica: Se você gosta da sua geléia mais gelificada, é só aumentar o tempo de cozimento: a geléia ficará mais doce, a textura das frutas menos inteira,  pois estarão mais desfeitas e a cor mais caramelizada.

Bjs!

Rafinha

 

Anúncios